O Castelo Animado de Diana Wynne Jones

13 abril, 2019

Quem conhece o Studio Ghibli já deve ter ouvido falar ou até mesmo visto uma de suas animações, eles fizeram uma adaptação do livro que vou recomendar pra vocês hoje! Tive o prazer de ler "O Castelo Animado" em meados de fevereiro e já adianto em dizer que foi uma das histórias mais divertidas e diferentes que já conheci, entrando com honras na minha lista de favoritos.

Sinopse
O Castelo Animado conta a história de Sophie, uma jovem de 18 anos, amaldiçoada por uma bruxa que a transforma em uma velha de 90 anos. Para se livrar da maldição, ela foge e emprega-se no Castelo Animado de Howl. Essa “velha senhora”, dinâmica e misteriosa, dá uma nova vida à antiga habitação onde vivem Marko, um jovem aprendiz, e Calcifer, o demônio do fogo, responsável pela “vida” do castelo. Além de ficar condenada ao corpo de uma senhora, o feitiço impede que Sophie revele que está sob uma maldição. Ainda assim, ela e Calcifer, também amaldiçoado, fazem um pacto, jurando que um vai tentar quebrar a maldição do outro, descobrindo sua natureza.
Algo que muito me encantou nesse livro foi a escrita da autora, é fácil, fluida e digamos que um pouco excêntrica (?), é diferente de tudo que já li de outras obras e não sei explicar, mas eu simplesmente amei, hahah.

A história começa de verdade quando a nossa protagonista, Sophie, é ignorante com a Bruxa das Terras Desoladas, quando a mesma vai a loja de chapéus de seu falecido pai. Com isso, a bruxa acaba lhe lançando uma maldição, a transformando em uma senhora de noventa anos. Apesar de não parecer, Sophie foge desesperada em busca de algo/alguém que possa quebrar a sua maldição.
"— Não se preocupe sua velha — disse Sophie para o rosto — Você parece ter bastante saúde. Além disso, essa aparência está bem mais próxima do que você é de verdade."
Sobre os personagens, não há como não amá-los e simpatizar com os mesmos logo de cara, inclusive com o Howl, o feiticeiro que é conhecido por comer o coração das jovens que por ele se apaixonam. Ele é fofo, engraçado, e diga-se de passagem, um garanhão, mas tem um coração enorme e vamos descobrindo isso ao longo da história.
"Bem, ele é volúvel, imprudente, egoísta e histérico – disse ela. – Metade do tempo eu acho que ele não se importa com o que acontece com ninguém, contanto que ele esteja bem… mas então, descubro como ele foi generoso com alguém… e aí percebo que ele cobra menos dos pobres. Eu não sei, Sua Majestade. Ele é uma confusão."

Sophie tem um senso de humor ácido e ela e o Howl dão os melhores diálogos da história, além disso, ela é uma jovem bondosa e só deu um fora na Bruxa das Terras Desoladas pois estava caindo a ficha de como ela estava sendo explorada por sua madrasta na loja de chapéus, que já me adianto a dizer, que ela não é uma má pessoa, mas suas atitudes às vezes são de caráter duvidoso.
"Como jovem, Sophie teria se encolhido de vergonha pela maneira como estava agindo. Como velha, não se importava com o que fazia ou dizia. E achou isso um grande alívio."
Michael é um garotinho que é aprendiz de Howl (está na foto acima), ele é quem abre as portas do castelo animado para a Sophie entrar, quando a mesma o encontra, e simplesmente assim, ela começa a morar lá, porém ela faz algum serviços de limpeza para compensar sua estadia no castelo imundo. Sabemos como garotos podem ser bagunceiros e desorganizados, não é mesmo? Inclusive, o quarto do Howl é cheio de teias de aranha, quando Sophie tenta tirá-las de lá, ele fica revoltado.
"É por isso que amo aranhas. "Se no começo você não tiver sucesso, tente, tente, tente novamente."
Vale ressaltar, que essa é muito mais que uma história sobre uma jovem sob uma maldição em busca de algo para quebrá-la, todos os personagens estão se descobrindo mais e mais no decorrer da história, e às vezes nos deparamos com uma surpresa diferente muito bem elaborada pela Diana, descobrimos isso e muito mais junto com a Sophie.

É incrível perceber como cada personagem foi essencial para a história, desde alguns vilões que apareceram no meio do caminho até aqueles que fizeram breves aparições, ou até aqueles que nem mesmo apareceram, hahah. 
"Um coração é um fardo pesado."
No final, tudo é entrelaçado e termina de uma maneira de deixar qualquer um com um sorriso gigante estampado no rosto, falo por mim mesma, pois o meu deixou meu rosto doído de tanta felicidade ao terminar essa obra.
Para terminar, não poderia deixar de comentar sobre a animação do Studio Ghibli inspirada no livro. Apesar de cortar cenas importantes da história, mudar um detalhe aqui em ali, ela consegue captar toda a essência do livro da Diana de forma formidável, inclusive nos personagens!

Vale a pena conferir ambos, eu assisti ao filme primeiro há anos atrás antes de ler o livro e me ajudou muito na hora da leitura em imaginar os lugares e algumas coisas descritas de modo diferente.
*Todas as fanarts foram retiradas do Zerochan.
Me despeço aqui,
abraços!

12 comentários

  1. Oi dear!
    Agora fiquei desejando muito ter esse livro em mãos, fazer um chá e aproveitar o ar meio frio e chuvoso, então começaria a ler. Por tudo que foi dito aqui pelo visto foi uma leitura muito encantadora, não tenho palavras para o filme, agora pensa se eu lesse o livro, deve ser esplendido, e pelas suas palavras você apreciou muito.
    O Howl é ainda mais lindo e fofo no livro?? aff ele é um pedaço de mau caminho, muito mozão hahahah
    Nós somos muito parecidas de alma, dear, gostei muito daqui, agora serei uma flor do seu jardim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahah, bem vinda, Cici!

      É um livro perfeito para ler no outono e nesse clima tão aconchegante que estamos agora, acredito que você vai amar ainda mais o Howl se ler o livro, o nosso mozão Rei do Drama *u*

      Fico muito contente que tenha gostado do meu jardim, florzinha, vou adorar te ver por aqui das próximas vezes! <3

      Excluir
  2. Olá, miss Bia! Como eu adoro o estúdio Ghibli e tudo relacionado a ele. Seu post veio para aquecer meu coração :)

    Essa animação me encantou quando a assisti há muitos anos, mas ainda lembro o quanto ela era querida. Rememorá-la me deixou com vontade de maratonar os filmes desse estúdio tão maravilhoso.

    Beijos açucarados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna!

      É impossível assistir apenas uma vez um filme desse estúdio, tem que ser várias! hahah

      Bjs!

      Excluir
  3. Eu sou apaixonada por "O Castelo Animado", o tanto de vezes que o assistia quando a internet caía aqui em casa. Gosto da trama, dos personagens, do cenário que ficou lindo na animação e da forma como a magia (como a forma como o bilhete da Bruxa das Terras Desoladas manda para o Howl é escrito) é tratada na história - um encanto atrás do outro.

    Se fosse para destacar um personagem que eu goste eu colocaria o Calcifer, pois a dublagem que deram para ele ficou incrível - e também estranhei a aparição abrupta da madrasta da Sophie.
    E pensar que demorei tanto anos para conseguir assistir a animação por completo.

    Soube do livro recentemente mas não dei tanta trela, afinal estou lendo livros diferentes um capítulo de cada vez e sim eu acabei me convencendo que essa é a melhor forma de cultivar meu gosto por livros. Gostei dos seus comentários Bia e saber que tem mais detalhes na parte escrita me chamou a atenção. Caso ache o livro por aí, o pegarei para ler!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Snow!

      Desculpe pela demora em responder, as coisas têm andado meio atrapalhadas por aqui...
      O Calcifer é um dos meus favoritos devo dizer, e a dublagem dele é incrível mesmo, combina super com a identidade dele.
      No livro, a madrasta da Sophie é um pouco mais presente do que foi no anime, e nós conhecemos muito melhor da personalidade dela.

      Ah dona Snow, o livro é fantástico e não há como se decepcionar visto que o anime, que foi tão querido por nós conseguiu captar toda a essência dos personagens e da história. Vale muito, muito a pena ler!

      Abraços!

      Excluir
  4. Eu tenho que assistir esse filme, eu tenho certeza disso, na verdade já vou até colocar para baixar, as animações do studios Ghibli são demais!

    http://yeah-dreamhigh.blogspot.com/?m=0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Celli,

      Concordo, elas são maravilhosas :)

      Excluir
    2. Acabei de assistir ontem, o filme é um amor, a história é envolvente <3 Apesar de meu favorito ainda ser As viagens de Chihiro.

      Excluir
    3. Ah, fico super feliz em saber que você tenha gostado, Celli! ♥

      Excluir
  5. Hey, Bia! Tudo bem?

    Eu nunca tinha ouvido falar da história, mas após a leitura da sua resenha fiquei muito interessada. Já até procurei o arquivo e coloquei no meu Kindle haha! Livros assim costumam nos envolver muito fácil e a leitura passa rapidinho. Quando eu acabar de lê-lo, volto aqui para dizer o que achei!

    P.S. Seu blog é a coisa mais fofa dessa internet!!!

    Beijos ♡
    Cantinho da Escrita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lídia, seja muito bem vinda! <3

      Que bom que gostou da resenha, eu não tenho muito experiência em escrever resenhas e fico contente em saber que te convenci a querer ler essa história fantástica. Espero que goste e vou ficar aguardando por seu feedback!

      Beijos!

      Excluir

Fique à vontade se quiser dizer algo sobre a postagem, ficarei feliz em respondê-lo!

"Existem coisas melhores adiante do que qualquer outra que deixamos para trás".
- C.S. Lewis

Desenvolvido com ♡ por Bia // Proibida cópia ou inspiração ( ˋ Θ ´ )
Powered by Blogger.