As Melhores Coisas de 2018

08 janeiro, 2019

Feliz Ano Novo, super hiper atrasado pra vocês, pessoal! Que neste novo ano que se inicia todas as suas metas e desejos se realizem, podem ser até aqueles de dois anos atrás, não importa mesmo.

Sei que demorei para aparecer por aqui, mas eu acabei ganhando um computador novo do meu pai - e devo dizer, muito melhor que o meu antigo - e eu ainda estava ajeitando as coisas nele e finalmente pude postar! <3

E para 2019 eu não planejei meta nenhuma para ser sincera além da meta de livros no goodreads, reli "Se Eu Ficar" bem rapidinho nos primeiros dois dias do ano, e achei meio blé, eu sinceramente fico muito entristecida quando me proponho a reler um livro - o que eu faço com muito sacrifício, por não ser um costume - e às vezes acaba acontecendo de não sentirmos as mesmas coisas que sentimos quando o lemos pela primeira vez, bom, acontece, continuo amando a Gayle, dona do meu coração, e uma das minhas autoras favoritas, pois seus livros sempre me ajudaram nas horas difíceis. A releitura foi mesmo para finalmente ler o segundo livro da duologia, a Snow comentou sobre ele no blog dela uma vez e desde então estou vendo de reler o primeiro para me preparar para o segundo.
As fotos que aparecerão a seguir são do dia do meu aniversário, em dezembro (19), eu visitei o Real Gabinete Português de Leitura e o Museu de Belas Artes. Foi muito lindo visitar esses dois lugares, mas meu favorito foi o museu, ele é muito maior do que eu poderia imaginar e é tão lindo por dentro, a única ressalva que devo fazer é que estava muito quente lá dentro, há espaços com ar condicionado e outros sem nenhuma ventilação sequer. Mas tudo bem, isso foi o de menos, sou carioca e já estou acostumada a lidar com o calorão, além disso, aproveitei bastante e andei por lá até meus pés doerem.

Na imagem abaixo, nessa sala com a fresta da porta aberta, havia um tribunal lá dentro - bem estilo século passado -, eu fiquei tentada a passar por debaixo das correntes, mas havia um segurança bem do outro lado do corredor, hehe.
Melhor Livro:
Eu fiquei tão atolada com a faculdade no ano passado que mal tive tempo de ler muitos livros, além disso depois fiquei com ressaca literária, rs. Mas li alguns poucos, o suficiente para ficar entre o "A Queda dos Reinos", que é basicamente um GOT teen, e o "Três Coisas Sobre Você", que estava querendo muito ler e fico feliz que ele tenha ultrapassado minhas expectativas que já eram muitas.

Ambos os livros tem um elemento essencial que vivo procurando em uma leitura, que é esse sentimento de a história me cativar, eles cumpriram isso muito bem, porém o escolhido por mim foi o "Três Coisas Sobre Você", a capa não é nada atrativa e prefiro mil vezes a versão americana dela, mas como sempre, o que está dentro é o que importa.
Melhor Música:
Death Cab é uma das minhas bandas favoritas desde sempre, mas de alguma maneira, eu escutei essa música em particular diversas e diversas vezes em 2018. Eu não costumava escutá-la muito, mas talvez ano passado tivesse sido o momento certo para ouvi-la.
Melhor comida:
Cappuccino que não é necessariamente uma comida, mas que ano passado vivia tomando no caminho da faculdade, e certas vezes na volta passava no Starbucks e comprava um, havia sempre um atendente que elogiava minhas blusinhas, e fazia piadas de vez em quando que eu sinceramente não entendia mas dava uma risadinha mesmo assim. Também aconteceu de eu provar cinnammon rolls pela primeira vez em um café bonitinho que fui com minha mãe, ela pediu um expresso e eu um cappuccino, e nós dividimos um pedaço gigantesco de cinnammon roll.
Melhores Blogs:
Os cantinhos mais legais - novos e antigos - que tive a honra de frequentar diversas vezes ano passado, e que de certa forma me fizeram muito feliz com cada postagem nova :).
  • Doukyusei, da escritora mais talentosa que pude conhecer.
  • Corro Contra o Vento, uma inspiração em forma de blog, principalmente para livros.
  • La Petite Souris, da Miss Bruna, um encanto de pessoa.
  • Memorialices, um blog muito amorzinho que adorei conhecer ano passado e que merece sua visita!

E me despeço de vocês por hoje, aproveitem bastante as férias que já vão acabar daqui a pouquinho - aparentemente o mês de janeiro está voando para mim...

Nos vemos em breve,
abraços!

Santa can you hear me?

08 dezembro, 2018

E finalmente lançaram as notas que faltavam para eu me considerar de férias (yey!), na verdade foi uns dois dias depois da postagem anterior. Então eu comecei a escrever esta mesma postagem e eis que meu notebook - que no momento respira por aparelhos - decidi fechar o navegador do nada, e quando volto onde está a super postagem de Natal que estava escrevendo e prestes a terminar? Sumiu, como se nunca tivesse existido...

Eu fiquei tão chateada que resolvi dar um tempo de internet, e quando volto a ficar motivada para escrever o post novamente, eu acabei por ficar de cama, como disse anteriormente, estou doente, mas dessa última vez não conseguia nem me levantar da cama. Vou ao médico dia 21, novamente, e espero que ele me dê uma solução para esse problema pois eu não sei ficar doente rs. 
As fotos poderiam ter ficado melhores mas o dia estava nublado e triste lá fora, e eu sempre gosto de fotografar com a luz natural.
Eu sei que esse meu quebra-nozes de árvore é bem defeituosinho, mas adoro-o do mesmo jeito.
Essa é a parte da baixo, a arvorezinha verde foi minha primeira árvore de Natal que eu coloquei em meu quarto e a prata foi a segunda, achei justo juntá-las esse ano. 
A última foto é mais uma visão geral de como ficou :)

Leituras p/ o Natal
Selecionei seis livros para ler esse mês, três em livros físicos e outros três estão no kindle, que por falar nisso, ganhei tem uns dois meses e estou viciada nele até agora!
🎄 O Natal de Poirot de Agatha Christie
Véspera de Natal. A reunião da família Lee é arruinada pelo barulho ensurdecedor de móveis sendo destroçados, seguido de um grito agudo e sofrido. No andar de cima, o tirânico Simeon Lee está morto, numa poça de sangue, com a garganta degolada. Mas quando Hercule Poirot, que está no vilarejo para passar o Natal com um amigo, se oferece para ajudar, depara-se com uma atmosfera não de luto, mas de suspeitas mútuas. Parece que todos tinham suas próprias razões para detestar o velho...
🎄 Deixe a Neve Cair de John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle
Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio romântico, do tipo que se vê apenas em filmes. Bem , mais ou menos. Porque ficar presa à noite dentro de um trem retido pela nevasca no meio do nada, apostar corrida com os amigos no frio congelante até a lanchonete mais próxima ou lidar sozinha com a tristeza da perda do namorado ideal não seriam momentos considerados românticos para quem espera encontrar o verdadeiro amor.
Comentário: Eu tenho um apreço muito grande por esse livro, além de ter sido um presente de Natal, eu o li em dezembro de 2015, que foi um dos meus melhores natais que já tive, e esse livro contribuiu muito para deixá-lo ainda mais mágico. Ele só não foi favoritado pelo fato de o conto do João Verde ser péssimo, é muito, muito ruim na minha opinião. Enquanto o da Lauren foi bem legal, o da Maureen foi maravilhoso! Resumidamente, esse é uma releitura que já faço todo ano e esse Natal não será diferente!
Se você gosta do clima de fim de ano e tudo o que ele envolve, presentes, árvores enfeitadas, luzes pisca-pisca, beijo à meia-noite, vai se apaixonar pelo livro. Nestas doze histórias escritas por alguns dos mais populares autores da atualidade, há um pouco de tudo, não importa se você comemora o Natal, o Ano Novo, o Chanucá ou o solstício de inverno. Casais de formam, famílias se reencontram, seres mágicos surgem e desejos impossíveis se realizam. O pessimismo não tem lugar neste livro, afinal o Natal é época de esperança.
Comentário: Bom, vocês já devem ter visto este livro por aí, normalmente ele é vendido nas lojas americanas por cinco, até dez reais. Foi assim que o adquiri, e como no livro acima, ele também é uma releitura obrigatória para mim em todo Natal. O melhor conto para mim foi o da Rainbow Rowell, e que saudades de ler algo dessa autora. Eu vivia apenas para ler os livros dela, haha.
E agora, os livros que vou ler no kindle, sendo que já li um até o momento e um outro eu já comecei a ler.

⛄ O Caderninho de Desafios de Dash & Lily  de David Levithan e Rachel Cohn
Acompanha a dupla Lily e Dash. Ela está doida pra se apaixonar e, pra encontrar o par perfeito, decide criar um caderninho cheio de tarefas e deixá-lo na livraria mais caótica de Manhattan. Quem encontra o moleskine é Dash, e os dois começam a se corresponder e trocar sonhos, desafios e desejos no caderninho, que vai se perdendo nos mais diversos lugares de Nova York.
Comentário: Tudo bem, vamos começar por esse sinopse, talvez ele seja meio exagerada. O irmão da Lily que lhe deu essa ideia do caderninho já que a mesma nunca se apaixonou na vida. Os desafios são bem divertidos, os personagens são excêntricos, e você vai rir muito lendo. Pelo menos, até onde li, já me arrancou diversas risadas. 
Em Nicolau São Norte, primeiro livro da série Os Guardiões, William Joyce conta a verdadeira história de ninguém menos que Papai Noel, que, muito antes de ser São Nicolau (ou Santa Claus), era conhecido como Norte, um destemido espadachim e notório fora da lei. Na história, que traz charmosas ilustrações em preto e branco, somente quando vilões verdadeiros entram em cena Norte encontra outro uso para suas famosas habilidades de lutador, transformando-se no herói adorado por crianças do mundo inteiro.
Comentário: Já faz muito tempo que quero ler algo desse autor, minhas expectativas estão altas!
⛄ Six Geese a-Laying de Sophie Kinsella
O Natal está se aproximando, e Ginny está ansiosa para o nascimento de seu primeiro bebê. É uma pena que seu parceiro Dan seja tão inútil, e ela tem que continuar lembrando a ele onde ele está errado. Felizmente, ela está matriculada na mais exclusiva classe pré-natal - todas as mães mais inteligentes e espertas são ensinadas pela lendária Petal Harmon. Como as outras cinco mulheres da turma, Ginny já sabe exatamente o que quer e como vai lidar com a maternidade. Mas quando elas chegam para a aula final, não é bem o que elas esperavam. Como Ginny descobre como é a paternidade, ela começa a perceber as coisas que realmente importam...
Comentário: A Amazon estava disponibilizando esse livro grátis e decidi pegá-lo sem nem mesmo saber do que se tratava essa história, só sabendo que adoro tudo que a Sophie Kinsella escreve rs. É bem divertida e criativa e tem um pouco de realismo mágico.

Receitas
Na verdade, não planejei fazer muitas, estou querendo preparar meu "Bolo de Baunilha Perfeito", que é uma receita original que vocês poderão conferir abaixo e os clássicos biscoitos de gengibre ou de açúcar, eu sou um horror fazendo biscoitos, nunca acertei fazer, mas todo ano eu tento e vou continuar até acertar. Pois não é possível que eu consiga fazer um quindim ou um empadão tão perfeitos - que são receitas difíceis ou pelo mais difíceis que meros biscoitos.

Bolo de Baunilha Perfeito:

🎑 Ingredientes:
  • 1/2 colher de manteiga em temperatura ambiente ou gelada.
  • 1 xícara de açúcar cristal ou mascavo, ou meio a meio - eu costumo fazer mais só com o mascavo que deixa o bolo marronzinho e com um gostinho especial.
  • 3 ou 2 colheres de sopa de essência de baunilha.
  • 3 ovos.
  • 2 xícaras de farinha.
  • 1 xícara de leite.
  • 1 colher de sopa rasa de fermente em pó.

💞 Direções:
1. Na batedeira, bater a manteiga e o açúcar até formar um creme esbranquiçado.
2. Adicione os ovos, um de cada vez, e misture a cada adição.
3. Acrescente metade da farinha e leite, misture e depois adicione a outra metade e misture novamente até incorporar.
4. Por fim, coloque a essência de baunilha, misture com delicadeza para ter cuidado de o bolo não solar, depois o fermento e ponha no forno pré-aquecido.
Ele deve ficar pronto em 30/35 minutos, e a temperatura eu normalmente coloco 180° mesmo, às vezes até mais. Você pode fazê-lo em qualquer forma, eu gosto de fazer naquela de 'pão de forma' que fica bonitinho e você pode polvilhar açúcar de confeiteiro em cima. Não é um bolo muito doce - pois não gosto de coisas muito açucaradas-, digamos que é tudo na medida certa visto que podes sentir o gosto de tudo ao mesmo tempo.

Sobre os biscoitos, ainda não achei uma receita para seguir e fazer, mas estou na procura, e se conseguir finalmente fazer biscoitos dignos, compartilharei aqui com vocês com muita alegria, acreditem, eu vou comemorar muito se conseguir.

E por hoje é só, obrigada a você que leu até aqui, sei que essa postagem ficou bem extensa, mas foi feita com amor para a melhor época do ano! 

Tenham um dia cheio de paz,
abraços!

Se descobrindo morangos

01 dezembro, 2018

Hello! Nem sei por onde começar, desde a última vez que estive por aqui, aconteceram muitas coisas na minha vida, ou seja, foram os dois meses - quase três - mais produtivos que já tive, nem todos os dias foram bons é claro. Vou tentar contar o máximo que eu lembrar a vocês.

Primeiramente, eu andei muito ansiosa e super estressada, só foi esses dias mesmo que eu voltei ao meu estado normal, como isso não era típico de mim - inclusive eu estava sofrendo de outros sintomas também, aliás, eram sintomas de algo - resolvi fazer um exame e descobri que estou doente, mas não é nada demais, quer dizer, sinceramente eu não tenho certeza, veja bem, eu não sou uma pessoa que fica doente, inclusive acho que já comentei isso aqui alguma vez. Enfim, um dos motivos que eu desapareci - novamente - foi por isso combinado a outros fatores como, provas, falta de tempo, desânimo...

Eu mesma decidi que ficaria afastada um pouco daqui também no começo pois precisava de um tempo para pensar em quem eu era naquele momento, das coisas que eu realmente gostava, eu estava perdidinha e precisava de um tempo para me redescobrir, é isto. Na verdade, todos nós precisamos às vezes.
E para quem tinha a curiosidade de ver o que eu pinto, eis uma foto acima para vocês terem uma noção, por favor, não fiquem decepcionados.

E como estava dizendo, eu andei refletindo bastante e descobri que eu estava evoluindo para algo melhor sabe. Eu comecei a me sentir incomodada com os dias nublados que tanto gostava e agora fico extremamente alegre quando vejo os de sol - exceto por um dia em que estava no ônibus sem ar condicionado e sem lugar para sentar e literalmente queimei minha mão só por ter que me equilibrar em pé no barra do ônibus, esse tipo de calor eu já não consigo me simpatizar.

Ah, eu não podia deixar de expressar aqui o quanto agora eu estou viciada em cappuccino, antes de minha ausência eu já estava começando com esse hábito, e ele foi só crescendo, e depois de uma breve pesquisa, visitando vários cafés e provando vários tipos de cappuccino eu finalmente pude comprovar que o do Starbucks é o melhor, cheguei a essa conclusão pois é o que tem menos açúcar, e é o menos artificial, fica aí minha recomendação.

Infelizmente ainda não tenho fotos da minha arvorezinha de Natal para compartilhar com vocês neste post, pois ela ainda não foi montada, eu estou esperando duas professoras minha lançarem as notas das provas - elas estão realmente demorando demais para fazer isso - para eu declarar férias, e enquanto eu não tiver certeza absoluta que tirei boas notas, eu não vou ter clima para montar ela...

A respeito do Natal, eu já tenho alguns planos para ele, um deles é assistir os dois filmes da Barbie que é sobre isso, meu irmão conseguiu comprar o do quebra-nozes para mim, a versão de 2001 é claro, que é o meu favorito, eu amei esse presentinho surpresa pois é tão difícil de encontrar este filme.
Vou tentar realmente postar mais esse mês e nas férias também, percebi que a blogsfera tem andado meio parada, e sinceramente não sinto mais aquele sentimento nostálgico que tinha antes quando entrava e visitava os blogs aqui.

E ah, já ia me esquecendo de comentar sobre o layout novo! Eu estou numa fase mais colorida da minha vida, e tentei trazer um pouco mais de cor para cá com esse layout, a ideia e a inspiração central dele foram os morangos, uma das minhas frutinhas favoritas, e que nesse verão são ótimos acompanhantes :).

Na próxima postagem, vou compartilhar com vocês tudo que planejo fazer neste Natal, desde as receitas que pretendo preparar até as leituras que quero muito fazer, estou com um pressentimento que ele vai ser muito bom este ano!

Nos vemos em breve,
abraços!