Um Ano para Ser Grata + Metas para 2018

4 de jan de 2018

Olá pessoal! Desculpe-me a demora em aparecer por aqui, eu estava tentando aproveitar minhas férias, já estou correndo contra o tempo pois minhas aulas começarão no mês que vem, e por incrível que pareça, o mês de janeiro já está passando rápido para mim. Espero que o Natal de vocês tenha sido bom e que tenham aproveitado bastante, assim como o Ano Novo, que para mim foi bem ruim, nunca gostei de comemorá-lo, nunca vi propósito nele e normalmente fico mais sentimental nesse feriado, sempre foi assim, vai entender.

Bom, posso afirmar que 2017 foi um ano muito agradável pra mim, talvez uns dos melhores, descobri tantas coisas novas e aprendi a lidar com aquela velha tristeza que as vezes me assombrava, neste, devo dar um crédito ao meu curso que está me ajudando muito, eu estou tipo a Pollyanna agora, talvez eu faça o jogo dela as vezes, mas lidar com a tristeza, saber enfrentá-la, está se tornando algo quase natural, espero continuar assim.

(o quebra-nozes que ganhei no Natal <3)
Nem tudo foi perfeito, o ano passado foi um ano que sofri de uma grande falta de inspiração para escrever, ou até para fazer coisas novas na minha vida. As postagens aqui no blog foram bem fracas por esse motivo, mas como não queria deixá-lo parado, postava tags respondendo perguntas, apesar de eu gostar, chegou uma hora que eu comecei a odiar... Mas não se preocupem que esse ano planejo trazer muita coisa legal para cá, até mesmo mais uma lovestorie, vocês lembram que gostaram bastante? Escrevi mais quatro depois da única postada aqui, mas achei melhor deixar em rascunho mesmo...

Enfim, temos um layout novo também, com as páginas atualizadas, quis deixar tudo mais simples visualmente, está difícil não ter uma sidebar ali, mas eu vou me acostumar, acho.

Para finalizar, finalmente minhas metas para esse ano encontram-se abaixo, não são muitas, mas são coisas que prevejo que são possíveis de serem realizadas...
  1. Juntar dinheiro para comprar uma câmera descente.
  2. Conseguir um emprego.
  3. Fazer o vestibular da UFRJ, e passar - espero.
  4. Ir à CCXP - Comic Con Experience 2018.
  5. Ir no Anime Nikity - pelo menos em duas edições desse ano.
  6. Comprar uma armação nova de óculos de grau.
  7. Voltar a cozinhar doces novamente.
  8. Fazer auto-escola.
  9. Parar de comer carne vermelha.
  10. Ser menos preguiçosa.
  11. Postar com mais frequência aqui no blog.
  12. Começar a fazer terapia - mais por curiosidade do que por qualquer outra coisa.
Me despeço aqui, tenho a impressão que esse ano vai me surpreender muito, positivamente, começando pelo verão aqui no RJ que está parecendo inverno, eu nem estou acreditando nisso, não está calor! Não estar calor e ter chuva no Rio no verão, é como nevar em qualquer estação no Saara, estou certa? Enfim...

Nos vemos em breve,
abraços!

20 Perguntas Natalinas

23 de dez de 2017

Olá pessoal! Parece que eu dei uma sumidinha do blog, não é mesmo? Ando meio sem ideias do que postar aqui ultimamente e prometi a mim mesma que se fosse para postar algo, seria alguma coisa realmente interessante de se ler. Enfim, dia 19 fiz 20 anos, eu mal me imaginava com dezenove, quanto mais com vinte agora rs, percebi que o tempo passa voando e agora vou acreditar quando alguém me disser isso.

E para hoje, como não queria que o Natal passasse em branco por aqui, decidi responder essa tag que achei com perguntinhas bem legais e espero que vocês gostem!
Imagem de ballet, classic, and clara
1. Use um ruído para descrever o quanto você está animado para o Natal.
AWWWWWW!!

2. Você abre alguns presentes na véspera de Natal?
Nunca abri rs.

3. Que tradições de férias você está ansioso pela maior parte deste ano?
Eu sempre faço as mesmas coisas de sempre e nunca é nada de mais, então nem estou lá muito ansiosa.

4. A sua árvore de Natal é real ou falsa?
Falsa né...

5. Qual é o seu filme de Natal favorito?
Eu amo "O Expresso Polar" e "Os Fantasmas de Scrooge".

6. Onde você costuma passar suas férias?
Em Maricá, fica aqui no Rj mesmo.

7. Qual é a sua música de Natal favorita?
"All I Want For Christmas Is You" é claro! Mas também amo "Sleigh Ride" e "I Saw Momma Kissing Santa Claus". Inclusive, eu tenho uma playlist no spotify com as minhas músicas preferidas caso queira ouvir.

8. Qual é a sua comida favorita de Natal, e o doce favorito?
Amo salpicão e rabanada.

9. Seja honesto: você gosta de dar presentes ou receber presentes?
Os dois igualmente, mas como diz Mariah ~ aka a Rainha do Natal ~ "I don't care about the presents, underneath the Christmas tree".

10. O que você mais gosta sobre o Natal?
Eu gosto de tudo, mas principalmente de estar com a minha família, e de rir com os meus primos quando minha avó começa a cantar ópera gospel no meio da ceia.
Imagem de christmas, gif, and cool
11. Quando você começa a ficar animado para o Natal?
No dia 26 de dezembro.

12. Qual é o melhor presente de Natal que você já recebeu?
Não lembro, mas adoro ganhar livros.

13. Qual é o pior presente que você já recebeu?
Porta-retrato hahah. 

14. Quando criança, um irmão já recebeu um presente que você queria para você?
Não, mas já aconteceu o contrário e minha mãe teve de comprar depois pra ele também.

15. Qual seria o seu lugar ideal para a temporada de férias?
Yorkshire, na Inglaterra.

16. Momento de férias mais memorável?
Quando andei de barco até um ilhazinha.

17. Você faz resoluções de Ano Novo?
Não.

18. O que torna as férias especiais para você?
O descobrimento de coisas novas, e de ter novas experiências e de fazer tudo aquilo que mais gosto só que agora com tempo de sobra.

19. Qual é a melhor parte do Natal para você?
As músicas, as comidinhas, as decorações nos shoppings...

20. Você recebeu um desejo de Natal ... o que será?
Um Natal cheio de neve e aquele frio acolhedor no ano que vem!

Desejo a todos os leitores daqui um Natal maravilhoso, e nos vem em 2018,
abraços!

Novembro & Novidades

25 de nov de 2017

Hello my beloved friends, como vão? Rascunhei algumas postagens para cá mas infelizmente não tive tempo de finalizar nenhuma por falta de tempo, então decidi escrever esta postagem meio que juntando tudo que há nas outras inacabadas.

Esse mês foi uma loucura pra mim, novembro está praticamente no fim, e por aqui vou começar expressando minha revolta com a black friday que decepcionou bastante, fizemos até uma contagem regressiva no grupo do fb, e assim que deu meia-noite atualizamos os respectivos sites, e não teve  quase nenhum desconto, eu mesma fiquei exatamente como esse meme do John Travolta...
Enfim, também houve acontecimentos bons, como aconteceu com o dez que tirei em neuroanatomia, eu pensei que iria tirar um três, então imaginem como fiquei quando olhei o resultado. Meu pessimismo já dito aqui acaba me aterrorizando as vezes e fiquei a semana inteira preocupada com essa nota.

Um pouco antes disso tinha ido à cidade e acabei comprando uma arvorizinha natalina para enfeitar meu quarto, e ela é oficialmente minha primeira árvore de natal, fiquei tão feliz de tê-la comigo, e minha mãe ajudou a escolher os enfeites também, mas eu a montei sozinha, foi a segunda árvore montada por mim para o natal esse ano, a primeira é a maior obviamente que fica na sala.

E nesse meio tempo, em uma madrugada meio tediosa, acabei descobrindo esse curta do Studio Ghibli, e achei um amorzinho, a música que toca ao decorrer dos seis minutos é muito viciante, confiram abaixo:
E para finalizar, aqui está algumas citações que adoro que falam sobre esse mês que foi cheio de surpresas para mim:
"Era novembro — o mês dos pores do sol carmesins, da despedida dos pássaros, dos tristes e profundos hinos de mar, canções do vento apaixonadas nos pinheiros. Anne percorreu os becos de pinelândia no parque e, como ela disse, deixou que esse grande vento varresse a névoa para fora de sua alma."
—  L.M. Montgomery, Anne of Green Gables
"Novembro sempre me pareceu a Noruega do ano."
—  Emily Dickinson
"Se você está lendo isso, se houver ar em seus pulmões neste dia de novembro, então ainda há esperança para você. Sua história ainda está acontecendo. E talvez algumas coisas sejam verdadeiras para todos nós. Talvez todos nos relacionemos com a dor. Talvez todos nos relacionemos com medo e perda e dúvidas. E talvez todos nós merecemos ser honestos, todos merecem qualquer ajuda que precisamos. Há tantas coisas em nossas histórias: pesada e leve. Bonita e difícil. Esperançosa e incerta. Mas nossas histórias ainda não foram concluídas. Ainda há tempo, para coisas curar e mudar e crescer. Ainda há tempo para se surpreender. Ainda estamos indo, você e eu. Ainda temos histórias."
—  Jamie Tworkowski
"Novembro - com uma bruxa estranha em suas árvores mudadas. Com chuviscos vermelhos obscuros que ardem em carmesim esfumaçado por trás das colinas que estão a correr. Com dias queridos, quando as madeiras austeras eram lindas e graciosas em uma serenidade digna de mãos dobradas e olhos fechados - dias cheios de luz fina e pálida que peneirou o ouro tardio e sem folhas dos zimbros e brilhava entre os fauces cinza, iluminando até bancos perenes de musgo e lavando as colunatas dos pinheiros. Dias com um céu alto de turquesa impecável. Dias quando uma melancolia requintada parecia pendurar a paisagem e sonhar com o lago. Mas dias, também, da escuridão selvagem de grandes tempestades de outono, seguidas de noites úmidas, úmidas e fluidas, quando houve risadas de bruxas nos pinheiros e gemidos entre as árvores do continente."
—  L.M. Montgomery 
"As rajadas de novembro não atendidas;
Nem uma respiração pode entrar aqui."
—  Emily Brontë, de “Faith and Despondency,” em The Night is Darkening Round Me
"Sombrio, dias calmos de novembro, quando há apenas uma nuvem, mas essa cobre todo o céu."
—  Virginia Woolf, de The Complete Works; “Geraldine and Jane”
Nos vemos em breve,
abraços! 
Desenvolvido com ♡ por Bia | Proibida cópia parcial ou total e/ou inspiração © 2011 | Infinity
Powered by Blogger.