Novembro & Novidades

25 de nov de 2017

Hello my beloved friends, como vão? Rascunhei algumas postagens para cá mas infelizmente não tive tempo de finalizar nenhuma por falta de tempo, então decidi escrever esta postagem meio que juntando tudo que há nas outras inacabadas.

Esse mês foi uma loucura pra mim, novembro está praticamente no fim, e por aqui vou começar expressando minha revolta com a black friday que decepcionou bastante, fizemos até uma contagem regressiva no grupo do fb, e assim que deu meia-noite atualizamos os respectivos sites, e não teve  quase nenhum desconto, eu mesma fiquei exatamente como esse meme do John Travolta...
Enfim, também houve acontecimentos bons, como aconteceu com o dez que tirei em neuroanatomia, eu pensei que iria tirar um três, então imaginem como fiquei quando olhei o resultado. Meu pessimismo já dito aqui acaba me aterrorizando as vezes e fiquei a semana inteira preocupada com essa nota.

Um pouco antes disso tinha ido à cidade e acabei comprando uma arvorizinha natalina para enfeitar meu quarto, e ela é oficialmente minha primeira árvore de natal, fiquei tão feliz de tê-la comigo, e minha mãe ajudou a escolher os enfeites também, mas eu a montei sozinha, foi a segunda árvore montada por mim para o natal esse ano, a primeira é a maior obviamente que fica na sala.

E nesse meio tempo, em uma madrugada meio tediosa, acabei descobrindo esse curta do Studio Ghibli, e achei um amorzinho, a música que toca ao decorrer dos seis minutos é muito viciante, confiram abaixo:
E para finalizar, aqui está algumas citações que adoro que falam sobre esse mês que foi cheio de surpresas para mim:
"Era novembro — o mês dos pores do sol carmesins, da despedida dos pássaros, dos tristes e profundos hinos de mar, canções do vento apaixonadas nos pinheiros. Anne percorreu os becos de pinelândia no parque e, como ela disse, deixou que esse grande vento varresse a névoa para fora de sua alma."
—  L.M. Montgomery, Anne of Green Gables
"Novembro sempre me pareceu a Noruega do ano."
—  Emily Dickinson
"Se você está lendo isso, se houver ar em seus pulmões neste dia de novembro, então ainda há esperança para você. Sua história ainda está acontecendo. E talvez algumas coisas sejam verdadeiras para todos nós. Talvez todos nos relacionemos com a dor. Talvez todos nos relacionemos com medo e perda e dúvidas. E talvez todos nós merecemos ser honestos, todos merecem qualquer ajuda que precisamos. Há tantas coisas em nossas histórias: pesada e leve. Bonita e difícil. Esperançosa e incerta. Mas nossas histórias ainda não foram concluídas. Ainda há tempo, para coisas curar e mudar e crescer. Ainda há tempo para se surpreender. Ainda estamos indo, você e eu. Ainda temos histórias."
—  Jamie Tworkowski
"Novembro - com uma bruxa estranha em suas árvores mudadas. Com chuviscos vermelhos obscuros que ardem em carmesim esfumaçado por trás das colinas que estão a correr. Com dias queridos, quando as madeiras austeras eram lindas e graciosas em uma serenidade digna de mãos dobradas e olhos fechados - dias cheios de luz fina e pálida que peneirou o ouro tardio e sem folhas dos zimbros e brilhava entre os fauces cinza, iluminando até bancos perenes de musgo e lavando as colunatas dos pinheiros. Dias com um céu alto de turquesa impecável. Dias quando uma melancolia requintada parecia pendurar a paisagem e sonhar com o lago. Mas dias, também, da escuridão selvagem de grandes tempestades de outono, seguidas de noites úmidas, úmidas e fluidas, quando houve risadas de bruxas nos pinheiros e gemidos entre as árvores do continente."
—  L.M. Montgomery 
"As rajadas de novembro não atendidas;
Nem uma respiração pode entrar aqui."
—  Emily Brontë, de “Faith and Despondency,” em The Night is Darkening Round Me
"Sombrio, dias calmos de novembro, quando há apenas uma nuvem, mas essa cobre todo o céu."
—  Virginia Woolf, de The Complete Works; “Geraldine and Jane”
Nos vemos em breve,
abraços! 

4 comentários

  1. Novembro voou (assim como o ano inteiro, na verdade). Não acompanhei sites na black friday e nem fui em nenhuma loja física também, só saí no sábado e consegui comprar uma ou outra coisinha legal que sobrou da sexta.
    Parabéns pelo seu dez e pela primeira árvore de natal, haha ♥

    um beijo
    acid-baby.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voou mesmo, Ana, principalmente por causa das provas, as semanas passam rápido demais.

      Obrigada e beijos!

      Excluir
  2. Oi Bia <3
    Adorei o seu layout natalino! Delicado e festivo~
    Neuroanatomia, só por deus! Mas já tive uma sensação parecida, quando tive uma disciplina de psicobiologia na faculdade. Foi uma milagre que tirei uma média alta nela, achei que ia esquecer o nome de tudo, hahaha!
    Adoro Natal e também decoraria meu quarto se tivesse mais espaço <3 Não monto mais árvore de natal na casa dos meus pais (onde moro atualmente) por falta de espaço, daí pego os enfeito e invento umas modas na casa inteira HAHAHAHA!
    Por fim, eu não ligo pra Black Friday, mas que bom que pelo menos não terminei frustrada então... Já ouvi que aqui no BR eles aumentam os preços uma semana antes pra fazer "desconto" nessa semana e vender os itens pelo valor original... então né, nada surpreendente, hahaha!
    Beijinhos :*

    • hishoku-sora.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Shana!
      Fico feliz que tenha gostado hahah
      Meu Deus, nem sabia que existia psicobiologia, fico imaginando se vou ter uma matéria parecia ou igual a essa no decorrer do meu curso também... ~ medo ~

      Um abraços e obrigada pela visita!

      Excluir

Fique à vontade se quiser dizer algo sobre a postagem, ficarei feliz em respondê-lo!

"Existem coisas melhores adiante do que qualquer outra que deixamos para trás".
- C.S. Lewis

Desenvolvido com ♡ por Bia | Proibida cópia parcial ou total e/ou inspiração © 2011 | Infinity
Powered by Blogger.